Reedição de "Calamento" de Romeu Correia

Reedição de "Calamento" de Romeu Correia

Esta obra de Romeu Correia, editada em 1950, tem como protagonistas os pescadores e as gentes "mais desfavorecidas" da Costa de Caparica nos tempos em que o mar constituía a principal fonte de sustento da população, com quem o autor passou alguns tempos para lhes dar voz.

Calamento volta agora a estar disponível pela mão das Edições Colibri, em parceria com a Associação Promotora do Neo-Realismo e pelo Museu Virtual da Costa do Mar, com o apoio da CMA.

A sessão de apresentação desta reedição do "Calamento" foi esta tarde aberta pelo presidente da Junta de Freguesia, José Ricardo, tendo contado com intervenções de Edite Condeixa, especialista da obra de Romeu Correia, António Redol, da Associação Promotora do Museu do No-Realismo, é Fernando Mão de Ferro das Edições Colibri.

Presente também o bisneto da Tia Adelaide do Capote, uma das principais protagonistas deste romance histórico sobre as gentes da Costa de Caparica.